Blog do Sarico

O comando na Câmara de Tapera


O comando da Câmara de Vereadores de Tapera (RS) nos próximos quatro anos será um dos pontos de destaque na política taperense, na 17ª legislatura, que inicia em 01 de janeiro. Apesar da coligação MDB-Progressista ter vencido a eleição, no Legislativo a coisa será diferente, ao que parece.

Como a dobradinha venceu o pleito, o normal seria os dois partidos, que juntos conquistaram 6 cadeiras de 9 – Progressista 4 e MDB 2, dividir o comando da Casa, com 2 anos para cada partido. Porém, o Progressista não pensa assim. Sua ideia, por ter conquistado o dobro de assentos, é comandar a Câmara em três anos e dar um ao MDB. O fato teria sido comunicado ao seu parceiro político que, pelo que soube, não gostou da ideia. Vai haver negociação, com certeza.

A bem da verdade, o Progressista quer independência para trabalhar e votar e deixa isso claro com esta proposta. Ao que parece, não haverá votação a cabresto como aconteceu nestes 4 anos quando os vereadores situacionistas votavam de olhos vendados. Os novos não irão querer ser vistos como apêndice da Administração e segurar bombas prestes a explodir no colo.

A 17ª legislatura da Câmara de Vereadores de Tapera será bem interessante de ser acompanhada em função do pensamento dos novos vereadores progressistas. Além disso, teremos eleição para o governo do Estado em 2022 e para prefeito em 2024, sem coligação. E muita coisa poderá acontecer nos próximos 1460 dias.



Comentários

Comente


*