Blog do Sarico

Pista de corrida


Pista de corrida 1A Rua Rui Barbosa, aqui em Tapera, da Rua Coronel Gervásio até o pardal próximo ao Supermercado Santa Clara, virou uma pista de corrida. Do alto da redação do JEAcontece (jeacontece.com.br) diariamente vemos veículos, de todos os tipos e tamanhos, em alta velocidade e, seguidamente na esquina da Igreja, acontece acidente. Felizmente, até agora, apenas com danos materiais. E ali é caminho para as escolas e o movimento de estudantes é intenso.

Na Rui Barbosa vemos carros, motos, caminhonetes, ônibus e até caminhões trafegando em alta velocidade, todos com muita pressa. E é gente daqui e de fora ao volante. O pessoal se queixa dos redutores de velocidade espalhados pela cidade, mas tem lugares aqui que eles são necessários.

Quem trafega em Tapera, com a velocidade acima da permitida, corre o risco de bater em alguém ou atropelar alguém. Pode não acontecer, mas e se acontecer envolvendo alguém da nossa família? Ninguém está livre de bater em algum veículo ou de atropelar uma ou mais pessoas.

Consciência ao volante na cidade, minha gente. Por favor!

Cariocax


Cariocax 1É impressionante a quantidade de “cariocas” nos comerciais de rádio. Bem que os anunciantes poderiam pegar gente da terra, gaúchos, para gravar a sua propaganda.

O engraçado é que estes “cariocas” não conseguem manter o “sotaque” o tempo todo nos 30, 45 ou 60 segundos de duração de um comercial. Eles largam bem com o “R” e o “S”, mas até o final se entregam. Perdem o foco.

Quando eu trabalhava no rádio, nos anos 80 e 90, lembro que no começo ficava meio aborrecido porque não havia gaúcho gravando comerciais para as empresas locais e regionais. Tempo depois fiquei sabendo que os cariocas utilizados para a gravação pelas agências de publicidade gaúchas, em sua maioria, eram de Porto Alegre, Caxias do Sul e municípios da fronteira. Confesso que até hoje não sei por que essa gente fala como carioca nas gravações. Será que eles acham feio a pronuncia seca do gaúcho? Eu acho bonita a maneira como falamos e tenho orgulho disso.

Uma vez, em uma reunião da Agert (Associação das Emissoras de Rádio e Televisão), na Unisinos, em São Leopoldo, durante uma pausa, na fila do cafezinho, ouvi uma voz conhecida, ouvida várias vezes por dia na antiga Rádio Gazeta. Perguntei ao dono daquele vozeirão se ele era carioca – nascido na cidade do Rio de Janeiro – ou fluminense – nascido no Estado do Rio de Janeiro. Ele respondeu que não, que era gaúcho, de Bagé. Perguntei se conhecia o Rio ao que ele respondeu: “Nunca estive lá”. Também lhe pedi por que falava como carioca. Sua resposta: “Para ser diferente. O pessoal gosta”.

Alô gauchada. Vamos se apresentar para gravar comerciais no rádio.

Desobediência


Área de transferência01Estas fotos foram tiradas na madrugada de domingo, na Avenida XV de Novembro, no centro de Tapera. A legislação eleitoral determina que as placas de propaganda política devam ser recolhidas até às 22h. Pois, eram 03h quando as fotos foram tiradas. A quem cabe fiscalizar isso ai?

Lixo fora do lugar


Lixo 1Esta foto foi tirada na madrugada deste domingo, na Praça Central de Tapera. Uma turma fez a sua festa e foi-se embora, deixando no local o que sobrou dela. O engraçado, que de engraçado não tem nada, é que a menos de dois metros deles haviam duas lixeiras. DUAS! Será que os pais dessa gente os deixa fazer o mesmo em casa? Duvido! Agora, custa juntar tudo e colocar no lixo, ali do lado? É muito trabalho, né?

É impressionante a falta de educação e de consciência de certas pessoas.

Frase do Dia


O Brasil precisa deixar de ser um gigante pela sua própria natureza e passe a ser um gigante pela natureza das decisões de seu governo 1“O Brasil precisa deixar de ser um gigante pela própria natureza e passar a ser um gigante pela natureza das decisões tomadas pelo seu governo”

Marina Silva

Não é o que parece…


Não é o que parece... 1A banda irlandesa U2 apresentou na sexta-feira (26/09) a capa de seu novo álbum, Songs of Innocence, lançado há poucas semanas gratuitamente no iTunes. Pois, foi postar a notícia para as redes sociais do mundo todo bombar por conta da imagem que aparece no trabalho: um homem ajoelhado abraçando outro homem, mais jovem. O pessoal caiu de pau em cima da banda de Bono Vox e The Edge.

Depois de ler a notícia é que se entende a razão da escolha da foto. O homem que aparece abraçando é o baterista Larry Mullen Jr. e o jovem é seu filho, de 18 anos.

Se o objetivo dos católicos do U2 era vender disco eles conseguiram.

Fim do mundo


Fim do mundo 1Em Caxias do Sul (RS), em uma sala de aula, uma professora, que é a autoridade maior no local, ou pelo menos deveria sê-lo, advertiu uma aluna por ela não ter feito um trabalho pedido que, certamente, valia nota. Pois, a mãe da menina foi até a Delegacia de Polícia e registrou ocorrência. Que tal?

O mundo está mesmo indo para o fim. Com essas leis, daqui a pouco as crianças dominarão o mundo. Se era isso que esse pessoal “entendido” queria, sob o pretexto de proteger crianças e adolescentes, eles estão conseguindo. E o pior de tudo é que os menores, sabendo da lei, aproveitam ao máximo essa “proteção” e passam da conta. Eu vejo isso quase todo dia.

Daqui um tempo terá pai e mãe respondendo a processo por que não deixaram seu filho ou filha sair de casa, por não ter lhes dado dinheiro para sair ou ainda por ter pedido a eles para se cuidar na rua.

Que saudades do tempo antigo quando um pai e uma mãe olhavam para um filho ou filha, sem bater, e estes sabiam exatamente o que fazer, falar ou se portar. Hoje, essas crianças são pais que devem pensar todo santo dia nos seu tempo de infância, quando foram moldados na severidade e segurança de seus pais que os transformaram em homens e mulheres de bem, cumpridores da lei, tolerantes, honestos, alegres e pessoas bem sucedidas.

Eu levei muita palmada dos meus pais quando pequeno e não precisei dar uma única em minha filha na sua criação. Pena que nem todo mundo age ou pensa assim. E torço (muito) para que ela só tenha contato com a Justiça, Ministério Público, Delegacia de Polícia, Conselho Tutelar… quando estiver formada e em serviço. E tomara que ela, assim como a sua geração, tenha consciência para fazer leis justas e direitas que transformem crianças em pessoas de bem e de verdade.

Curtume


Curtume 1Pessoal, por favor. Vamos parar com as críticas pesadas ao Curtume Mombelli e à família fundadora, pelo seu passado e pelo que representaram ao município e ao Estado. O Curtume foi, sim, muito importante para Tapera. O tempo passa e a vida, as leis e a consciência das pessoas mudam. Se a empresa é passado, sua memória e feitos precisam ser preservados, porque não se deve esquecer o passado que serve de exemplo para a construção do presente e do futuro.

Excessos, pelo bem da empresa, de seus fundadores, da família Mombelli e de nosso município, continuarão sendo deletados, em respeito a um passado marcante. De acordo?

Petrobras


Petrobras 1A empresa, que já esteve entre as 10 maiores do mundo, hoje amarga a 120ª posição. Não bastasse isso, nos últimos 4 anos, teve sua dívida quadruplicada. Sem falar nos escândalos. Mas, afinal, o que fizeram com a maior empresa brasileira? E a culpa desta barbeiragem toda é do mercado ou da má gestão?

Não estaria na hora de o governo federal fazer uma auditoria na Petrobras para ele e os brasileiros saberem como está sua saúde? Deixando assim, a deriva, onde ela irá parar?

Errado


Errado 1Na tarde da última sexta-feira, por volta de 13h, quando me dirigia ao jornal (jeacontece.com.br), em frente a Presentes & Cia, vi um Palio, com placas de Bagé (RS), estacionado sobre a faixa de segurança. O motorista deve ter almoçado no centro e deixou o carro lá. O que me intriga é que, um motorista que reside em uma cidade de porte médio como Bagé tenha estacionado sobre uma faixa de segurança. Será que ele faz o mesmo lá?

Estacionar sobre a faixa de segurança é infração grave. O motorista recebe 5 pontos na CNH, é multado em R$ 127,69 e ainda tem o veículo guinchado.