Blog do Sarico

Toca do Coelho poderá sair do Tenarião


A Comunidade Católica de Tapera (RS) foi informada pelo Corpo de Bombeiros Misto local que para o ano que vem, conforme prevê a legislação, terá de instalar hidrantes ao redor do Tenarião.

Falando com padre Oswaldo Baptista Ferreira Júnior, pároco da Igreja Matriz, o mesmo me disse que a Paroquia não tem dinheiro para aplicar neste item devido ao seu alto custo. E, caso a CC não instale os equipamentos, o Tenarião não poderá mais receber seus tradicionais eventos anuais, entre os quais Toca do Coelho, que agora está no calendário de eventos do Estado.

Padre Osvaldo me contou que a CC não pretende investir nos hidrantes e que vai esperar a legislação mudar, algo muito comum no Brasil.

Por outro lado, soube de alguém ligado a ACIT, que a Toca do Coelho poderia ser realizada no estacionamento do Centro de Eventos, como acontece com as feiras do comércio, e que a praça de alimentação e seus demais setores poderiam ser instalados nas suas imediações: Praça Central e Avenida Quinze de Novembro.

Será que a Toca do Coelho sairá do Tenarião? E será que os tradicionais eventos taperenses terão de mudar de local? Se bem que a lei é para ser cumprida, esteja ela certa ou errada. Só em Brasília eles não sabem disso.

Tapera torce para que a legislação mude.

Prestação de contas do Bombachudos x Engravatados 2019


O Hospital Roque Gonzalez divulgou nesta semana o balanço do jogo entre Bombachudos e Engravatados, realizado no último final de semana, na Linha São Rafael, interior de Tapera (RS):

DESPESAS (bebidas, alimentação, limpeza, energia elétrica e outros): R$ 14.549,29

RECEITAS (cartões, copa e rifa): R$ 30.030,94

RESULTADO: R$ 15.481,65

O resultado foi revertido ao hospital para ser aplicado nas melhorias em andamento com o objetivo de melhor atender as demandas da população.

Mais um golaço de Tapera e de sua gente.

Mulheres às armas


Nesta semana, uma notícia vinda de Espumoso (RS) e que foi publicada no JEAcontece aqui de Tapera chamou minha atenção. Ela dava conta de que um grupo de mulheres tomou a iniciativa de buscar conhecimento e perder o medo do contato com armas de fogo e organizou um workshop sobre o tema.

Elas chamaram um especialista em armas para lhes falar sobre elas e lhes proporcionar um primeiro contato objetivando a perda do medo. A primeira reunião teve a participação de 14 mulheres.

A violência está aí e corre solta tanto na cidade como no interior e a mulherada não quer saber de dar sopa para o azar. Ela pretende se armar e aguardar para mostrar que beleza e sensibilidade também são perigosas na proteção de sua vida, da sua família e do seu patrimônio.

Moro vem aí


A revista Veja pesquisou a hipótese de Sérgio Moro e Lula disputarem o Palácio do Planalto, em 2022.

No segundo turno, Moro derrotaria o ex-presidente com uma margem muito mais folgada do que Jair Bolsonaro: 48% a 39%.

Em outro quadro, no primeiro turno, Jair Bolsonaro teria 32% e Lula 29%. E no segundo, Bolsonaro derrotaria o ex-presidente por 45% a 40%.

Moro só cresce. Se for sacaneado pelo Congresso Nacional ele poderá escolher entre o STF e o Planalto. E o palanque do homem será grande, iluminado e barulhento.

E se quiser advogar. Será que demoraria muito para formar sua carteira de clientes? E será que ganharia dinheiro?

Reavivamento virtual


O Necão Di Domênico, amigo taperense de longa data e que hoje reside e trabalha em Carazinho (RS), criou no Whatsapp o grupo “Amigos de Infância” e lá foi ele, com ajuda dos demais, arrebanhando gente que nasceu e passou sua infância e adolescência em Tapera ou que apenas passou por ela em algum momento de sua vida. E o grupo vai aumentando aos poucos.

Essa turma, hoje na casa dos 60, a maioria pais e mães e alguns avôs e avós, quando de sua juventude há 40 anos, jamais imaginaria a possibilidade desse contato virtual estando toda espalhada pelo Brasil. Antigamente, para se reunir uma turma se levava meses e hoje, com a internet e o tal de “zap-zap”, a coisa acontece instantaneamente.

E hoje está aí. Grupo formado e o pessoal podendo conversar em tempo real e reviver passagens da fase mais bonita de suas vidas e da nossa bucólica e amada Tapera.

O bom é que neste grupo muita coisa envolvendo o município e as pessoas e famílias pode ser recuperada, inclusive fotos. Às vezes o pessoal mistura os fatos o que não tira o brilho do reencontro. É maravilhoso isso.

No próximo dia 21, alguns dos integrantes do grupo se encontrarão em Tapera para um almoço.

Parabéns pela ideia, Necão.

Em tempo. “ERA TAPERA”. Lembram daquele adesivo que colocavam nos carros taperenses nos anos 80?

Agora é oficial


O governador Eduardo Leite sancionou nesta semana a lei 15.389, de 28.11.2019, que institui a Toca do Coelho de Tapera no calendário de eventos do Rio Grande do Sul.

O projeto é de autoria do deputado Sérgio Turra (PP) e foi solicitado pela bancada progressista da Câmara de Vereadores do município: Alexandre Durigon, Elias Goulart e Neri Nunes dos Santos, e também do vice-prefeito Jorge Quadros.

Sucesso social


Neste domingo (01), na Linha São Rafael, aconteceu o 16º Bombachudos e Engravatados, jogo beneficente em favor do Hospital Roque Gonzalez de Tapera (RS).

Às 09h, o pessoal da bombacha e da gravata mediu força para saber quem era o melhor neste ano e os engravatados venceram por 2 a 1. Depois, Sicredi e Barboza Futebol Clube jogaram e deu Sicredi (3×1).

Encerrados os jogos, o pessoal foi para o salão onde seria servido o almoço pelos moradores daquela comunidade. E foram servidos 620 deles.

Falando em almoço, foi maravilhoso, tanto a carne como o atendimento. Parabéns, aquele pessoal. E também a quem compareceu.

A ideia dos organizadores é, a partir de agora, realizar a promoção cada ano em uma comunidade do interior de modo que todas possam ajudar o hospital.

O Bombachudos e Engravatados é realizado desde 1996.

Homenagem ao Dr. Beto será no dia 09


A homenagem que a Câmara de Vereadores de Tapera (RS) fará ao médico pediatra Adalberto Henrich, o “Dr. Beto”, será realizada na próxima segunda-feira (09), às 20h, no plenário do Legislativo, após a sessão ordinária.

A homenagem é uma solicitação do vereador Neri Nunes dos Santos (PP).

Fazendo história


Mas, e que tal o Guarany, hein? Vai somente disputar o título máximo do salonismo gaúcho contra o Atlântico. A equipe espumosense já está fazendo história, pois jamais uma aqui da região chegou tão longe. A Agrotap, de Tapera, foi terceira colocada nos anos 80. Depois, em 2017, o América, também de Tapera, foi o quarto melhor. E hoje, o time índio é o segundo melhor do Estado.

Para mim o Guarany não montou um super time, mas um que foi eficiente o campeonato todo, pois sempre esteve na parte de cima da tabela. Também não sei se montou logo o seu time ou se esperou os demais contratar para então entrar no mercado como fazem a maioria deles. Agora, o que foi montado do outro lado do Jacuí realizou uma campanha irretocável, invejável.

E aquele história de o segundo lugar ser o primeiro perdedor é conversa fiada, por que olha a quantia de equipes com bom orçamento que ficaram para trás.

Pelo que soube, o Guarany teve neste ano R$ 410 mil para investir no time, sendo R$ 230 mil do Pró-esporte, R$ 100 mil da Prefeitura e R$ 80 mil da Cotriel. E o resultado está aí.

Parabéns aos jogadores, dirigentes e patrocinadores do Guarany pelo feito. Se levantarem o caneco será maravilhoso, mas chegando até aqui está de (muito) bom tamanho.

E que o feito do Guarany em 2019 faça escola aqui na região, dentro e fora da quadra. Os caras foram atrás, respaldados pela sua comunidade, e se deram muitíssimo bem.

Domingo tem Bombachudos e Engravatados


O tradicional jogo de futebol beneficente entre Bombachudos e Engravatados de Tapera (RS), neste ano em sua 16ª edição, será realizado no domingo (01), na Linha São Rafael, a partir das 09h. Na sequencia haverá outro jogo. E ao meio dia será servido almoço no local.

O jogo, que é realizado desde 1996, é beneficente ao Hospital Roque Gonzalez de Tapera.

Vamos todos apoiar nosso hospital. Todo mundo lá.